Império Serrano divulga enredo sobre a China

Grupo Especial - Rio Império Serrano
Romulo Tesi
Escrito por Romulo Tesi

De volta ao Grupo Especial, o Império Serrano divulgou nesta terça-feira seu enredo e logo para o Carnaval 2018. No próximo ano, a escola da Serrinha vai levar a China para a Marquês de Sapucaí.

Pelo texto publicado no perfil da agremiação no Facebook, o desfile terá a seda como fio condutor (com o perdão do trocadilho). O enredo foi batizado como “O Império do Samba na Rota da China”.

“O Reizinho de Madureira faz uma viagem até o país asiático seguindo o brilhante fio da seda, mostrando o quanto nosso universo cultural é influenciado pelas tradições, heranças e invenções chinesas”, diz a escola.

O desfile terá a assinatura do carnavalesco Fábio Ricardo, que este ano saiu da Grande Rio e assinou com o Império Serrano.

Leia também:
Corte de verba ameaça ensaios técnicos
Mangueira anuncia enredo-resposta a Crivella e manda o povo brincar Carnaval sem dinheiro
Carnavalesco explica recusa de enredo sobre Huck: fora do ‘padrão Mangueira’
Vereador diz que Carnaval é culto a orixás com dinheiro público e fonte de lucro para tráfico e prostituição
Carnaval SP: Doria sinaliza redução de verba da prefeitura, mas garante recursos
Presidente de escola se desculpa por ter apoiado Crivella nas eleições
Site fala em ‘profecia’ feita por cantora gospel: ‘Carnaval vai falir’
Alcione: ‘nesse país os caras roubam na Petrobras e a culpa é do samba’
Secretário de Crivella sugere corte de 100% da verba para escolas e critica Paes

Leia abaixo o texto publicado pela escola:

“O Império do Samba na Rota da China”

O enredo “O Império do Samba na rota da China” levará para a Avenida a cultura milenar chinesa tão presente em nosso cotidiano. O Reizinho de Madureira faz uma viagem até o país asiático seguindo o brilhante fio da seda, mostrando o quanto nosso universo cultural é influenciado pelas tradições, heranças e invenções chinesas.

Uma das mais antigas civilizações do planeta, a China exerce sobre nós grande fascínio. Ao mesmo tempo em que trouxe ao mundo invenções capazes de influenciar os destinos da humanidade, a China busca manter vivas suas tradições e o respeito à ancestralidade – aspecto que, aliás, espelha uma das marcas do Império Serrano.

Como um viajante aventureiro, o Menino de 47 levará para a Sapucaí as cores e formas espetaculares de um povo que cultua a beleza, a harmonia e a energia da vida. Subindo a Serrinha, comemoraremos vitoriosos um Ano Novo chinês Imperiano!

O Carnavalesco Fábio Ricardo estreia no Império Serrano em 2018 e contará com os pesquisadores Helenise Guimarães e Roberto Vilaronga para criação do enredo.

Sobre o autor

Romulo Tesi

Romulo Tesi

Jornalista carioca, criado na Penha, residente em São Paulo desde 2009 e pai da Malu. Nasci meses antes do Bumbum Paticumbum Prugurundum imperiano de Aluisio Machado, Beto Sem Braço e Rosa Magalhães, em um dia de Vasco x Flamengo, num hospital das Cinco Bocas de Olaria, pertinho da Rua Bariri e a uma caminhada do Cacique de Ramos, do outro lado da linha do trem. Por aí virei gente. E aqui é o meu, o nosso espaço para falar de samba e Carnaval.

Deixe o seu comentário