Vereador diz que Carnaval é culto a orixás com dinheiro público e fonte de lucro para tráfico e prostituição

Grupo Especial - Rio Série A

Unidos de Padre Miguel, 2017 – Fernando Grilli/Riotur

O vereador Otoni de Paula (PSC), do Rio de Janeiro, defendeu em discurso no plenário da Câmara Municipal o corte de verba para as escolas de samba da cidade. Em tom histriônico, Otoni nega que a decisão do prefeito Marcelo Crivella tenha motivação religiosa e fez duros ataques ao Carnaval.

“O Carnaval do bussines, da indústria, da Marquês de Sapucaí, se tornou culto aos orixás, guias e caboclos com dinheiro público”, declarou Otoni. “Despacho é cultura, galinha preta na esquina é cultura, cachaça pra orixá cultura. Só não é cultura quando fala de evangélico”, completou. O vídeo foi publicado nesta quinta-feira no perfil do parlamentar.

Leia também:
Carnaval SP: Doria sinaliza redução de verba da prefeitura, mas garante recursos
Presidente de escola se desculpa por ter apoiado Crivella nas eleições
Eduardo Paes critica corte de verba e cutuca Crivella
Presidente da Riotur diz que polêmica é favorável e revela mais cortes
Site fala em ‘profecia’ feita por cantora gospel: ‘Carnaval vai falir’
Alcione: ‘nesse país os caras roubam na Petrobras e a culpa é do samba’
Secretário de Crivella sugere corte de 100% da verba para escolas e critica Paes

O vereador leu a letra de sambas da União da Ilha, Império da Tijuca e Unidos de Padre Miguel, com temática afro, para defender sua posição.

“Se é (por motivo) religioso, Crivella tem que cortar 100%”, disparou.

“Lucro para o tráfico”

Otoni acusou o Carnaval de se “fonte de lucro” para prostituição, promiscuidade e tráfico de drogas.

“Em três dias de Carnaval, se consome mais entorpecente do que em três meses de tráfico”, afirmou, sem dizer de onde havia tirado os dados, mas justificando a ausência de fonte alegando falta de transparência da Liesa. “(A Liesa) Vai abrir a caixa-preta do Carnaval? Não vai, meu irmão”, desafiou.

“Quem vai (ao Sambódromo) volta com o seguinte relatório: é sacanagem a céu aberto, prostituição e mulher pelada. E vem me contar que não…”, disse.

Otoni encerrou o discurso defendendo a privatização do Carnaval, sem detalhar a proposta.

“Quer ir sambar? Samba. Mas não com o meu dinheiro. Quer marchar para Jesus? Marcha, mas não marcha com o meu dinheiro. Quer ter orgulho de ser gay? Pode soltar a franga, mas não solta com meu dinheiro”, declarou.

Veja o vídeo na íntegra:

Entenda o caso

Crivella anunciou que pretende cortar em 50% a verba destinada às escolas de samba para investir em creches. O valor em 2017 foi de R$ 24 milhões, sendo R$ 2 milhões para cada agremiação. Como em 2018 serão 13 escolas no Grupo Especial, a expectativa era que o montante chegasse a R$ 26 milhões. Mas, conforme a Riotur (Empresa Municipal de Turismo do Rio de Janeiro), responsável por organizar a festa, já confirmou, o valor ficará mesmo em R$ 13 milhões.

A Liesa (Liga Independente das Escolas de Samba) anunciou que, sem os R$ 13 milhões, os desfiles ficam inviáveis em 2018, e decidiu suspender as apresentações até que as partes cheguem a um acordo. A entidade espera conseguir um encontro com o prefeito, algo que vem tentando há meses, sem sucesso.

A Riotur disse, em nota, que o Carnaval está garantido e afirmou que vai buscar na iniciativa provada os recursos para as escolas. Mas confirma que as creches são prioridade.

Em resposta, sambistas realizaram um protesto no sábado. O grupo se concentrou em frente ao edifício administrativo da prefeitura, na Cidade Nova, e caminhou até a Marquês de Sapucaí.

O prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis, se prontificou a ajudar e ofereceu levar os desfiles para a cidade da Baixada Fluminense. “A festa traz receita, movimenta a economia. Tem dinheiro para tudo. Se puder levar a Sapucaí para Caxias, eu banco. Vai dar lucro, traz turistas, é importante para a cidade”, disse Reis ao jornal Extra.

Sobre o autor

Romulo Tesi

Romulo Tesi

Jornalista carioca, criado na Penha, residente em São Paulo desde 2009 e pai da Malu. Nasci meses antes do Bumbum Paticumbum Prugurundum imperiano de Aluisio Machado, Beto Sem Braço e Rosa Magalhães, em um dia de Vasco x Flamengo, num hospital das Cinco Bocas de Olaria, pertinho da Rua Bariri e a uma caminhada do Cacique de Ramos, do outro lado da linha do trem. Por aí virei gente. E aqui é o meu, o nosso espaço para falar de samba e Carnaval.

Comentários

      • Vai melhorar e muito o país. Os socialistas nestes 30 anos de eleições diretas só souberam fazer é roubar, encher o país de drogas, morticínio e insegurança etc.

    • Parabéns ao vereador Otoni. Carnaval é culto à demônios e a igreja católica vai se unir com eles também! Carnaval não é de Deus. Sodomitas caindo no Inferno. Dinheiro público jogado fora e milhares de doentes na fila dos hospitais. Vão ser Hipócritas lá no INFERNO!

      • Só é de deus os ladrões evangélicos com seus pastores do demônio, roubando dos pobres e lavando dinheiro! Esse bispo do demo, discípulo de judeu, nunca foi cristão só engana os otários dos evangélicos que pensam que, com o ódio pelos outros, irão para o paraíso. Bando de hipócritas!! O que pega é que carnaval é flouclore mesmo, e não adianta pastorzinho vereador, mamando dinheiro público, falar m#e3rda! É um enganador, só mais um falso cristão que quer que o prefeitinhno faça uma cidade inteira virar evangélica Grana para carnaval não pode mas para o encontro evangélico e para financiar filme do ladrão mafioso Macedo pode! Corja de hipócritas!!!

  • Alegam que da´lucro, que façam por conta própria. Os cariocas não acordaram ainda que estão abaixo do fundo do poço e estão afundando cada dia mais. Os que apoiam essa gastança devem ser os mesmos que defendem os Bilhões gastos com a Lei Rouanet. Carnaval é incentivo as drogas, bebidas e prostituição. Os turistas vem ao rio e deixam mais filhos que dependerão de creche, hospitais escolas às custas do trabalhador. O Crivela devia é cobrar uma taxa alta das escolas de carnaval para limpeza e gasto com segurança, e para construção de escolas e creches. Não tem que dar um centavo do meu dinheiro para prostituição….

Deixe o seu comentário