Setor 1

Dispersão | Fim da subvenção, Vila Isabel, Adnet e Myngau

Sambódromo da Marquês de Sapucaí em 2019 – Richard Santos/Riotur

Lei 1
O projeto de lei (PL) 1495/2019, que pretende proibir o aporte de recursos públicos municipais em eventos privados com cobrança de ingresso, já foi protocolado e ficou disponível para consulta nesta quinta-feira, 12, na Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro. O PL é de autoria do vereador Doutor Gilberto (PMN).

Lei 2
O PL também veta o fornecimento de serviços públicos municipais nestes eventos. Estão citados no texto a Comlurb, de limpeza, e a Rio Luz (Companhia Municipal de Energia e Iluminação).

Justificativa
No texto, o vereador afirma que Comlurb e Rio Luz “muitas vezes deixam de servir a população em suas necessidades para atender eventos privados”.

Economia
Caso o projeto de lei seja aprovado, os desfiles do Grupo Especial e da Série A seriam os mais afetados. Levando em conta os valores da subvenção de 2019 para o Grupo Especial e a Série A, a economia para os cofres públicos seria de quase R$ 10 milhões.

Tramitação
O texto terá que passar por três comissões antes de ser votado em plenário: de Justiça e Redação, de Administração e Assuntos Ligados ao Servidor Público e de Finanças, Orçamento e Fiscalização Financeira

Prefeito do Rio, Marcelo Crivella – Renan Olaz/CMRJ

Em tempo
O valor fica bem próximo do montante repassado pela prefeitura às escolas dos dois grupos em 2019. Algumas escolas do Grupo Especial, porém, ainda não tinham recebido, até semana passada, os R$ 50 mil restantes pagos após a prestação de contas.

Em tempo
Crivella havia anunciado a edição de um decreto com o mesmo teor, mas uma lei de 1988, que define a prefeitura como responsável pelo Carnaval, fez com que a matéria tenha que passar pela Câmara.

Portas abertas
Para tentar garantir a verba da prefeitura, a Lierj, que promove os desfiles da Série A, propôs a Crivella que os desfiles do acesso não tenham cobrança de ingressos, com entrada gratuita, conforme antecipou o jornalista Anderson Baltar, em sua coluna no UOL.

Vila fechada
Vila Isabel informa: divulga samba no dia 1 de outubro, com clipe. No dia 5 tem a apresentação na quadra. Foram 19 sambas inscritos na disputa, que foi fechada. As 18 obras derrotadas serão mostradas depois do resultado.

Adnet
A apresentação do samba da Vila está marcada para o mesmo dia da final da disputa de samba da São Clemente. A noite promete, tudo porque, assim muitos esperam, a parceria do humorista Marcelo Adnet esteja entre as finalistas.

Marcelo Adnet – Divulgação/TV Globo

Myngou 1
Adnet anda bem envolvido – e empolgado – com o universo das escolas de samba. Nesta quarta, 11, lamentou o corte do samba da parceria de Myngau na Grande Rio. “Em choque. Não imagino o carnaval sem xetruê e xetruá. Que terá acontecido?”, escreveu Adnet.

Myngou 2
A eliminação do samba de Myngau causou uma comoção que há muito não era vista na tribo do samba. Depois do anúncio dos seis semifinalistas, muitos entusiastas da obra xingaram muito no Twitter. Até quem não tinha o samba como preferido lamentou o fato de não ter a oportunidade de ouvir a obra na final, marcada para o próximo dia 21.

Myngou 3
Membros da parceria, em contato com o blog, afirmaram que o corte, pelo menos oficialmente, se deu por vias protocolares. Isso porque circulou o boato, não confirmado, de que a parceria havia sido desclassificada por levar torcida para a quadra, o que é proibido pela regulamento. A escola nega.

Romulo Tesi

Romulo Tesi

Romulo Tesi Jornalista carioca, criado na Penha, residente em São Paulo desde 2009 e pai da Malu. Nasci meses antes do Bumbum Paticumbum Prugurundum imperiano de Aluisio Machado, Beto Sem Braço e Rosa Magalhães, em um dia de Vasco x Flamengo, num hospital das Cinco Bocas de Olaria, pertinho da Rua Bariri e a uma caminhada do Cacique de Ramos, do outro lado da linha do trem. Por aí virei gente. E aqui é o meu, o nosso espaço para falar de samba e Carnaval.

comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Romulo Tesi

Romulo Tesi

Romulo Tesi Jornalista carioca, criado na Penha, residente em São Paulo desde 2009 e pai da Malu. Nasci meses antes do Bumbum Paticumbum Prugurundum imperiano de Aluisio Machado, Beto Sem Braço e Rosa Magalhães, em um dia de Vasco x Flamengo, num hospital das Cinco Bocas de Olaria, pertinho da Rua Bariri e a uma caminhada do Cacique de Ramos, do outro lado da linha do trem. Por aí virei gente. E aqui é o meu, o nosso espaço para falar de samba e Carnaval.

Carnaval 2020 | FALTAM

Mais Categorias