Home » Dispersão | Independente, incêndio, ingressos em São Paulo, Desfile das Campeãs, Intendente (ainda) sem verba, Livres

Dispersão | Independente, incêndio, ingressos em São Paulo, Desfile das Campeãs, Intendente (ainda) sem verba, Livres

Incógnita
A Independente Tricolor, pelo menos oficialmente, ainda não sabe em quais condições vai desfilar no Carnaval 2020 – se será julgada ou não, livre de rebaixamento, mas também fora da disputa por um lugar no Grupo Especial. A escola, do Acesso 1 de São Paulo, perdeu quase tudo no incêndio que atingiu o barracão no dia 14 de outubro. A assessoria da agremiação informa que aguarda um posicionamento da Liga SP.

O que sobrou do barracão da Independente após o incêndio – Elizabeth Codici

Silêncio
Procurada pelo Setor 1, a Liga SP não retornou os contatos.

Tempo
Havia uma previsão de que a situação estaria definida perto do dia 14 de novembro, o que não se concretizou. Anteriormente, a Independente informou que um levantamento sobre a extensão dos prejuízos serviria para definir a situação da escola.

Enquanto isso…
A Independente segue sem barracão e com os trabalhos parados, informou a assessoria da escola.

Ingressos
A Liga SP lançou nesta quinta-feira, 28, a venda pela internet de ingressos para os desfiles das escolas de samba de São Paulo – Grupo Especial, acessos 1 e 2 e Desfile das Campeãs. Curiosamente, o site não informa o dia da apresentação das vencedoras que, como se sabe, mudou de data: saiu da sexta e foi para o sábado em 2020, conforme o blog antecipou.

Alegoria da Mancha Verde no desfile de 2019 – Luiz Cláudio Barbosa/Código19/Estadão Conteúdo

Porém (ah, porém…)
No Diário Oficial da Prefeitura de São Paulo, pelo menos duas publicações já informaram a alteração. A última delas nesta quinta, tratando justamente de um aditamento no contrato da administração municipal com a SPTuris sobre a mudança. “OBJETO DO ADITAMENTO: Alteração da data do Desfile das Campeãs do dia 28/02/2020 para 29/02/2020”, diz o texto publicado no DO (pode ser lido aqui). Veja abaixo:

Vendas
O Camarote Bar Brahma segue vendendo ingressos para o Desfile das Campeãs marcado para o sábado 29 de fevereiro.

Questionamentos
A vereadora de São Paulo Janaína Lima (Novo) ingressou com um requerimento na Comissão de Administração Pública da Câmara para que o presidente da SPTuris, Osvaldo Arvate Junior, dê explicações sobre a subvenção da prefeitura para as escolas de samba. Janaína quer saber: 1) Como o valor a ser repassado à Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo; 2) O valor do repasse em 2019 e 3) Como se deu a prestação de contas e se é possível ter acesso a ela.

Subiu
Conforme o blog noticiou em 1º de novembro, a prefeitura aumentou em 8,3% a subvenção para cada agremiação do Grupo Especial e Acesso 1. No caso do Especial, cada escola receberá cerca de R$ 100 mil a mais em relação a 2019, com R$ 1,28 milhão.

Intendente
No Rio de Janeiro, as escolas de samba que desfilam na Estrada Intendente Magalhães (ligadas à Liesb) ainda não começaram a receber a verba prometida pelo prefeito Marcelo Crivella: R$ 3 milhões a serem divididos entre as agremiações dos dois grupos. No dia 4 de outubro, em evento com representantes das escolas e outras lideranças do samba, Crivella anunciou a verba e fez inclusive a entrega do “checão” simbólico, mas ficou nisso.

Prazos
A promessa era iniciar os pagamentos em outubro, mas até esta quinta, a poucos dias do fim do mês, o contrato sequer havia sido assinado. O presidente da Liesb, Clayton Ferreira, diz que o documento está com a Procuradoria Geral do Município, aguardando liberação. No entanto outra questão contribuiu para o impasse.

Crivella posa com a camisa da Liesb – Divulgação

Outro lado
Procurada pelo blog, a Riotur confirmou que o pagamento ainda não foi feito.

Divisão
Ferreira contou ao blog que a Riotur tentou convencer a Liesb a incluir no rateio da verba as escolas da Livres, liga dissidente formada por escolas insatisfeitas. A proposta foi recusada. “A Riotur propôs um acordo de divisão entre a Liesb e Livres para o desfile do extinto Grupo B, o que não foi aceito pela plenária da Liesb”, disse Ferreira. (Leia aqui e entenda o racha entre as ligas)

+ Divisão
A Riotur explica que o repasse é feito diretamente às escolas, e não para as ligas, o que justificaria o repasse no modelo proposta pela empresa. A Livres disse ao blog que não está ciente da proposta, mas que aguarda uma posição da Riotur.

Sambódromo
A previsão da prefeitura é que o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, vá ao Rio de Janeiro e formalize o convênio para as obras no Sambódromo com a prefeitura na primeira quinzena de dezembro. A pasta deve repassar os R$ 8,1 milhões necessários para as intervenções mais urgentes, que já estão sendo realizadas. A ideia é deixar tudo pronto, conforme as exigências do Corpo de Bombeiros, até o início de fevereiro.

Romulo Tesi

Romulo Tesi Jornalista carioca, criado na Penha, residente em São Paulo desde 2009 e pai da Malu. Nasci meses antes do Bumbum Paticumbum Prugurundum imperiano de Aluisio Machado, Beto Sem Braço e Rosa Magalhães, em um dia de Vasco x Flamengo, num hospital das Cinco Bocas de Olaria, pertinho da Rua Bariri e a uma caminhada do Cacique de Ramos, do outro lado da linha do trem. Por aí virei gente. E aqui é o meu, o nosso espaço para falar de samba e Carnaval.

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.