Home » Escolas de Flu e Vasco sobem para o Acesso da Intendente; falta de baianas tirou título de vascaínos

Escolas de Flu e Vasco sobem para o Acesso da Intendente; falta de baianas tirou título de vascaínos

As escolas de samba de torcedores de Fluminense e Vasco – Guerreiros Tricolores e União Cruzmaltina, respectivamente – conseguiram subir do Grupo de Avaliação para o Grupo de Acesso da Intendente Magalhães. As agremiações – da última divisão do Carnaval carioca – foram fundadas em 2019 e estrearam no último sábado, 29.

A Guerreiros Tricolores terminou na 5ª colocação, enquanto a União Cruzmaltina ficou com a 7ª posição – subiram as oito primeiras. Arrastão de Cascadura levou o título que, curiosamente, poderia ter ficado com os vascaínos, não fosse o desconto de 1,1 ponto.

A União Cruzmaltina foi punida por ter desfilado com o número de baianas menor que o mínimo exigido. A escola se apresentou com apenas nove componentes na ala, enquanto o regulamento exige ao menos 20 – foi descontado um décimo por baiana a menos. A forte chuva que caiu no Rio no sábado atrapalhou a chegada das componentes.

Mais:
Escola de samba veste Cristo Redentor com a camisa do Vasco; veja o desfile

Cascadura foi campeã com 179,9 pontos, enquanto a União Cruzmaltina terminou com 178,9. Se não fosse o descumprimento da regra, os vascaínos teriam 180 pontos e, portanto, levado o título.

Carnaval 2021

As oito primeiras desfilarão no Grupo de Acesso da Intendente Magalhães, que se apresenta no domingo de Carnaval – isso se a forma de disputa não for modificada pela Liesb, liga que organiza os desfiles. Acima do Acesso está o Grupo Especial da Intendente (fusão das séries B e C), última fronteira para a Série A e a Marquês de Sapucaí.

As escolas do Avaliação não recebem dinheiro da prefeitura, cenário que muda, em tese, para as oito classificadas para o Acesso. Em 2020, foram distribuídos R$ 3 milhões entre as agremiações do Especial e o Acesso da Intendente, além das integrantes da Livres, liga dissidente.

Desfile da União Cruzmaltina – Reprodução/Rádio Arquibancada

Fla e Botafogo

Os dois rivais de Flu e Vasco, Flamengo e Botafogo já possuem escolas. A Imperadores Rubro-Negros subiu do Acesso para o Especial, onde já está a Botafogo Samba Clube. Todas as quatro agremiações não possuem ligação formal com os clubes.

Resultado final (em negrito as escolas que subiram):

1 – Arrastão de Cascadura
2 – Santa Marta
3 – Novo Império
4 – Dendê
5 – Guerreiros Tricolores
6 – Império de Petrópolis
7 – União Cruzmaltina
8 – Ac. Jacarepaguá

9 – Peixe Vagabundo
10 – Feitiço do Rio
11 – Flor do Jd Primavera
12 – Chatuba de Mesquita
13 – União Rio Minas
14 – Unidos da Barra da Tijuca
15 – Unidos do Cabral
16 – Coroa Imperial

Romulo Tesi

Romulo Tesi Jornalista carioca, criado na Penha, residente em São Paulo desde 2009 e pai da Malu. Nasci meses antes do Bumbum Paticumbum Prugurundum imperiano de Aluisio Machado, Beto Sem Braço e Rosa Magalhães, em um dia de Vasco x Flamengo, num hospital das Cinco Bocas de Olaria, pertinho da Rua Bariri e a uma caminhada do Cacique de Ramos, do outro lado da linha do trem. Por aí virei gente. E aqui é o meu, o nosso espaço para falar de samba e Carnaval.

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.