Home » Irmã de Marielle Franco vai desfilar na Mocidade Unida da Mooca; mais: Independente Tricolor, Intendente, Ilha, Crivella, Lei Rouanet

Irmã de Marielle Franco vai desfilar na Mocidade Unida da Mooca; mais: Independente Tricolor, Intendente, Ilha, Crivella, Lei Rouanet

Marielle
A Mocidade Unida da Mooca, do Acesso 1 de São Paulo, terá a irmã de Marielle Franco, a professora Anielle Franco, no desfile do domingo de Carnaval este ano, no Anhembi. Além da irmã da vereadora assassinada em março de 2018 – em um crime ainda sem solução quase dois anos depois -, o ex-BBB Rodrigo França, cientista político e filósofo, também desfilará na MUM.

Anielle Franco, irmã de Marielle – Reprodução/Twitter

+ Anielle
A irmã de Marielle Franco já havia participado da gravação do samba e do clipe. Veja como ficou:

Abdias
O enredo da escola é sobre o professor, senador, dramaturgo e ativista – entre outras atividades – Abdias Nascimento, que militou pelos direitos humanos e no movimento negro. Nascimento morreu em maio de 2011. Promete ser um desfile de forte teor político.

Protesto
A escola terá uma ala toda formada por pessoas que queiram se manifestar contra o racismo e o preconceito. A iniciativa, chamada de “Manifesto em forma de arte”, pretende reunir quem deseja “usar a maior ferramenta artística de herança negra neste Brasil para colocar pra fora tudo o que queremos”, conforme texto enviado pela escola. Quem quiser participar pode fazer o próprio cartaz e levar aos ensaios, além de entrar em contato com Jussara (11 97297-1821) ou Jéssica (11 96717-9548). Os encontros acontecem aos sábados, às 11h, na quadra da MUM (Rua Bresser, 2271).

Em tempo
Na festa de lançamento do CD, em dezembro do ano passado, a escola se destacou na Fábrica do Samba ao fazer um protesto lembrando os mortos no baile funk em Paraisópolis e em operações policiais em Heliópolis e no Morro do Dendê, no Rio de Janeiro.

Tem mais
A escola planeja realizar nova ação semelhante no ensaio técnico no Anhembi, no dia 8 de fevereiro.

Faixa exibida pela Mocidade Unida da Mooca na festa de lançamento do CD de 2020 – Reprodução/Instagram MUM

Independente Tricolor 1
A indefinição sobre as condições do desfile da Independente Tricolor em 2020 permanece. A escola informou ao Setor 1 que ainda não se sabe se a agremiação do Acesso 1 de São Paulo será julgada – ou seja, se vai disputar uma das duas vagas do Grupo Especial de 2021. A assessoria de comunicação da Independente afirma também que os trabalhos de barracão estão parados – o local foi destruído por um incêndio em outubro de 2019.

Independente Tricolor 2
Procurada pelo blog, a assessoria de imprensa da Liga SP não respondeu até a publicação da coluna.

Abre-alas da Independente de 2020 antes do incêndio – Elizabeth Codici

Independente Tricolor 3
Uma mudança, porém, parece confirmada, e serve de pista para um possível desfile como hors-concours, sem julgamento: na ordem das apresentações publicada no site da Liga SP, a escola aparece abrindo o domingo, no lugar da Estrela do Terceiro Milênio. No sorteio, a Independente seria a terceira, logo depois da Nenê de Vila Matilde. Veja como ficou:

21h – Independente Tricolor
22h – Estrela do Terceiro Milênio
23h – Nenê de Vila Matilde
0h – Leandro de Itaquera
1h – Mocidade Unida da Mooca
2h – Acadêmicos do Tucuruvi
3h – Camisa Verde e Branco
4h – Vai-Vai

Pintou dinheiro
Mocidade Alegre (Grupo Especial de São Paulo) captou mais R$ 250 mil via Lei Rouanet. A escola já conseguiu R$ 550 mil pelo mecanismo para 2020, tudo pela empresa Cebrace. O valor total aprovado é de quase R$ 1,85 milhão.

Leia também:
Veja a ordem dos desfiles de 2020
Vote! Qual é o melhor samba do Grupo Especial do Rio de 2020?
Alunos da UFRJ criam álbum de figurinhas do Carnaval do Rio
Com Elza Soares, pai de santo e volta de Jesus Cristo, Carnaval 2020 será marcado pela crítica social; conheça os enredos

Deve pintar dinheiro
O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, gravou um vídeo na semana passada para anunciar o repasse da primeira parcela da subvenção para as escolas da Intendente Magalhães. Crivella aparece segurando o “checão” simbólico de R$ 1 milhão, com data para 28 de janeiro de 2020. No mesmo vídeo, o prefeito afirma que, na verdade, o pagamento será realizado antes, no próximo dia 18, um sábado. Ainda assim, o atraso no depósito é de cerca de 80 dias, pelo menos.

+ Intendente
No início de outubro, Crivella anunciou R$ 3 milhões para as escolas da Intendente Magalhães, com o pagamento em três parcelas, sendo a primeira ainda para o mesmo mês. Poucos depois a prefeitura anunciou uma grave crise financeira e chegou a suspender alguns pagamentos.

Prazo
No vídeo, Crivella reafirma o compromisso de repassar R$ 3 milhões até o Carnaval. Para isso, o prefeito terá pouco mais de 30 dias para cumprir a promessa e pagar mais R$ 2 milhões até a primeira escola entrar na Estrada Intendente Magalhães. A Liesb, liga que organiza os desfiles, afirma não conhecer o prazo para a quitação.

Em tempo
Ao lado do prefeito no vídeo aparecem o secretário de Fazenda, Cesar Augusto Barbiero, e o vereador Dr. Gilberto. O parlamentar é o autor do projeto de lei 1495/2019, que visa vetar investimento público municipal em eventos com cobrança de ingresso – incluindo os desfiles das escolas de samba na Marquês de Sapucaí, do Grupo Especial e da Série A. Além de cortar a subvenção – que de fato não foi repassada para 2020 por decisão de Crivella -, o PL – que ainda tramita – quer proibir inclusive o fornecimento de serviços públicos como os da Rio Luz e da Comlurb. Ambos estão, em tese, garantidos para a Intendente.

Vereador Doutor Gilberto e Crivella em foto de outubro de 2019 – Divulgação/Liesb

Não deu
A Lierj, liga que abriga as escolas da Série A, cogitou abrir os portões dos desfiles, com entrada gratuita, para, assim, receber subvenção da prefeitura – ano passado o valor foi de R$ 250 mil por escola. Mas o gesto não sensibilizou Crivella, e a Lierj vai mesmo cobrar ingressos. O preço da arquibancada por dia sai por R$ 15. Saiba mais aqui.

Efeito Laíla
Nesta quarta-feira, 15, a União da Ilha faz seu primeiro ensaio de rua da temporada. E há a possibilidade de que a escola treine sem carro de som, somente com um puxador empunhando um megafone na frente de cada setor. Procurada pelo blog, a escola não confirma ainda. A concentração será às 20h, no posto Vila Flor, na Estrada do Galeão.

Romulo Tesi

Romulo Tesi Jornalista carioca, criado na Penha, residente em São Paulo desde 2009 e pai da Malu. Nasci meses antes do Bumbum Paticumbum Prugurundum imperiano de Aluisio Machado, Beto Sem Braço e Rosa Magalhães, em um dia de Vasco x Flamengo, num hospital das Cinco Bocas de Olaria, pertinho da Rua Bariri e a uma caminhada do Cacique de Ramos, do outro lado da linha do trem. Por aí virei gente. E aqui é o meu, o nosso espaço para falar de samba e Carnaval.

1 comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.