Home » Maiara e Maraísa cantarão no desfile da Rosas de Ouro

Maiara e Maraísa cantarão no desfile da Rosas de Ouro

Maiara e Maraisa durante show – Foto: Reprodução/Facebook

A sertanejas Maiara e Maraísa terão missão especial no desfile da Rosas de Ouro este ano.

A dupla, dona de sucessos como “10%” e  “Sorte que cê beija bem”, cantará, no início da apresentação da escola, o chamado alusivo, pequeno trecho que serve de introdução e aquecimento para o samba oficial.

Depois, as gêmeas vão para o último carro, onde desfilarão como destaques principais. Na mesma alegoria, as cantoras terão a companhia das míticas Irmãs Galvão e a Velha Guarda da escola.

Leia também:
“Se gritar pega ladrão…”: conheça a origem da frase

Crivella: Carnaval não precisa de dinheiro público
Darlan Alves revela segredo para conquistar o público nos desfiles
Até 20 mil crianças podem ficar sem desfilar nas escolas mirins
Namastê e Liberdade! Mocidade e Tuiuti vencem Ranking Setor 1 de sambas do Especial

Maiara e Maraísa já participaram da gravação do samba no CD oficial, com o intérprete oficial Royce do Cavaco e a cantora Mônica Soares, e planejam uma visita à quadra da Rosas de Ouro, em data a ser definida.

Em 2018, a Rosas terá como enredo “Pelas estradas da vida, sonhos e aventuras de um herói brasileiro”, sobre o universo dos caminhoneiros e as estradas. O desfile está sendo desenvolvido pelo carnavalesco André Machado.

Maiara e Maraísa com a presidente da Rosas, Angelina Basílio – Foto: Lara Schulze
Irmãs Galvão com Angelina – Foto: Lara Schulze/Rosas de Ouro

Ouça o samba da Rosas de Ouro de 2018:

Romulo Tesi

Romulo Tesi Jornalista carioca, criado na Penha, residente em São Paulo desde 2009 e pai da Malu. Nasci meses antes do Bumbum Paticumbum Prugurundum imperiano de Aluisio Machado, Beto Sem Braço e Rosa Magalhães, em um dia de Vasco x Flamengo, num hospital das Cinco Bocas de Olaria, pertinho da Rua Bariri e a uma caminhada do Cacique de Ramos, do outro lado da linha do trem. Por aí virei gente. E aqui é o meu, o nosso espaço para falar de samba e Carnaval.

8 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Elas não sabem mas estão entrando em uma roubada: o desfile de escolas de samba de SP. Aquilo não passa de um grotesco espetáculo de plágio, copiado nos mínimos detalhes do desfile da Sapucaí no Rio de Janeiro, o original. E a cópia, até uma criança de dez anos sabe que não tem valor algum uma vez que jamais deixará essa condição por melhor que seja. É falsa por definição.

    O samba de SP é o samba da vela, o samba da laje, o samba da feira e o samba da 10. Estes sim tem valor porque não copiaram ninguém. Nasceram espontaneamente. São legítimos.

    É por isso que os principais portais de notícias não publicam sequer uma única linha sobre o pobre desfile-cópia de SP a não ser nas páginas policiais quando ocorre alguma confusão. Só dá Rio, lógico. Turistas do mundo inteiro vem ao Brasil para conhecer a ‘maior festa do planeta’ segundo os cariocas. Quem vai interessar-se pela cópia quando o original está logo ali pertinho? Livros sobre o tema, comentários nas rádios e programas de TV falam e comentam apenas o carnaval e sambistas do Rio, cidade onde foram criadas as escolas de samba, os desfiles, sambódromo, comissão julgadora, apuração e resultados. São Paulo nada mais fez se não copiar tudo isso.

    Se quiserem ter um mínimo de reconhecimento e respeito dos brasileiros os sambistas paulistas precisam tomar vergonha na cara e recriar sua festa. Mas completamente diferente do Rio. O Brasil é um país muito grande e culturalmente multifacetado. Não há espaço nem motivo para a padronização cultural. São Paulo tem sua própria cultura do samba mas esta não é representada no desfile do Anhembi, a festa máxima do samba. O que vemos ali é no máximo um gigantesco programa de TV ao vivo copiado de outro igualmente grandioso.

    Ainda bem que ninguém assiste àquele vexame.

  • Que carnaval é esse ? A música brasileira tá um lixo , daí quando chega o carnaval vem esse estilo musical horrível tomar lugar de outros cantores . Lastimável , eu estou desanimado com a cultura no nosso país .

  • Depois dessa acho que o Vinicius de Moraes tinha razão qdo disse que São Paulo era o tumulo do samba, so falta a presidente da Rosa de Ouro falar que pagou cache a estas 2 sertanojas