Home » Portela se torna Patrimônio Imaterial e Cultural do Rio

Portela se torna Patrimônio Imaterial e Cultural do Rio

Desfile da Portela de 2020 – Fernando Grilli/Riotur

A Portela agora é Patrimônio Imaterial e Cultural do Rio de Janeiro. O título foi concedido oficialmente nesta segunda-feira (6), com a publicação no Diário Oficial, por iniciativa do deputado estadual Dionísio Lins (Progressista) – a lei 9.505 foi sancionada na última sexta (3) pelo governador Cláudio Castro.

Maior campeã do Carnaval, com 22 títulos, a escola é uma das mais influentes da história do samba, responsável também por contribuir para a cultura brasileira.

O título de Patrimônio Imaterial e Cultural também serve de aquecimento para o centenário da escola, que acontece em 2023.

Uma das ações previstas é a criação da sala de troféus da escola, montada com um longo trabalho de pesquisa e buscas no acervo de glórias portelenses.

“É um reconhecimento da façanha dos nossos fundadores, que há quase 100 anos chegaram num subúrbio ainda em formação e se uniram através da cultura e da arte e criaram uma instituição cultural reconhecida internacionalmente. Essa titulação, em primeiro lugar, é o reconhecimento ao trabalho dessas pessoas, o que temos hoje é o legado deles”, diz o vice-presidente da Portela, Fábio Pavão, exaltando os nomes que ajudaram a criar a Portela.

“A história vitoriosa da Portela, dentro das pistas de desfiles ou nas rodas de samba e, toda a relevância cultural da agremiação pro Rio de Janeiro é muito bonita e tem que ser conhecida por todos”, completou Pavão.

Romulo Tesi

Romulo Tesi Jornalista carioca, criado na Penha, residente em São Paulo desde 2009 e pai da Malu. Nasci meses antes do Bumbum Paticumbum Prugurundum imperiano de Aluisio Machado, Beto Sem Braço e Rosa Magalhães, em um dia de Vasco x Flamengo, num hospital das Cinco Bocas de Olaria, pertinho da Rua Bariri e a uma caminhada do Cacique de Ramos, do outro lado da linha do trem. Por aí virei gente. E aqui é o meu, o nosso espaço para falar de samba e Carnaval.

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.