Setor 1

Riotur assina contrato de verba para escolas, que aguardam mais R$ 15 milhões da Light

Riotur assina contrato de verba para escolas, que aguardam mais R$ 15 milhões da Light 1
Beija-Flor em 2018 – Raphael David/Riotur

As escolas de samba do Grupo Especial do Rio devem receber o dinheiro da prefeitura na próxima semana. Essa é a previsão do presidente da Riotur, Marcelo Alves, que anunciou nesta quinta-feira a assinatura do contrato da entidade com as 14 agremiações.

O valor ficou em R$ 500 mil – metade do montante repassado no ano passado, e que já foi publicado no Diário Oficial.

“Já foi solicitado o processo na Fazenda. Agora aguardamos o repasse da secretaria para a Riotur”, disse Alves ao Setor 1.

O contrato foi firmado com cada escola separadamente, que receberá os recursos diretamente da Riotur.

Light

Para chegar ao R$ 1,5 milhão esperado pelas agremiações, a Light – companhia de energia do Rio – deve cobrir o milhão restante. O valor total do contrato com a Liesa deve ficar entre R$ 12 milhões e R$ 15 milhões, com uma possível resposta positiva nesta sexta-feira, 8.

“Foi duro, mas conseguimos”, comemorou Alves, que intermediou as negociações em nome da Riotur.

Riotur assina contrato de verba para escolas, que aguardam mais R$ 15 milhões da Light 2
Marcelo Alves (centro) no dia da Apuração do Carnaval de 2017 – Alexandre Macieira/Riotur

“O mais importante é chegar próximo do valor esperado pelas escolas. Tivemos que cortar, mas fomos atrás da Light para complementar os recursos. Agora depende apenas de detalhes burocráticos governo do Estado”, explica o presidente da entidade – o patrocínio será via Lei Rouanet, em que a empresa poderá descontar o valor pago de ICMS.

Parte dos R$ 15 milhões da Light será usado para custear os ensaios técnicos, anunciados nesta quinta. A Liesa já havia obtido R$ 1,8 milhão pela Lei Rouanet, e a tendência é que mais R$ 1 milhão entre no orçamento dos treinos, que começam nesta domingo, 10.

Uber

As escolas afirmam que o combinado com a prefeitura era receber R$ 1 milhão da administração municipal, além dos R$ 500 mil do Uber, totalizando R$ 1,5 milhão.

A empresa de transporte particular, porém, desistiu do patrocínio. Em seguida, a gestão de Marcelo Crivella anunciou apenas R$ 500 mil para cada agremiação, pegando os dirigentes do samba de surpresa.

Por fim, a Light cobrirá o valor que falta para chegar ao montante aguardado pelas escolas.

Romulo Tesi

Jornalista carioca, criado na Penha, residente em São Paulo desde 2009 e pai da Malu. Nasci meses antes do Bumbum Paticumbum Prugurundum imperiano de Aluisio Machado, Beto Sem Braço e Rosa Magalhães, em um dia de Vasco x Flamengo, num hospital das Cinco Bocas de Olaria, pertinho da Rua Bariri e a uma caminhada do Cacique de Ramos, do outro lado da linha do trem. Por aí virei gente. E aqui é o meu, o nosso espaço para falar de samba e Carnaval.

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Romulo Tesi

Jornalista carioca, criado na Penha, residente em São Paulo desde 2009 e pai da Malu. Nasci meses antes do Bumbum Paticumbum Prugurundum imperiano de Aluisio Machado, Beto Sem Braço e Rosa Magalhães, em um dia de Vasco x Flamengo, num hospital das Cinco Bocas de Olaria, pertinho da Rua Bariri e a uma caminhada do Cacique de Ramos, do outro lado da linha do trem. Por aí virei gente. E aqui é o meu, o nosso espaço para falar de samba e Carnaval.

Mais Categorias