Home » São Clemente fará crítica à ‘farra das credenciais’ na Sapucaí

São Clemente fará crítica à ‘farra das credenciais’ na Sapucaí

Enquanto se fala nos bastidores que a São Clemente tem tudo para repetir em 2019 o sucesso do Paraíso do Tuiuti deste ano, pelo menos em matéria de crítica social, os indícios já começam a surgir.

Em seu perfil no Facebook, o carnavalesco da escola de Botafogo, Jorge Silveira, publicou a foto da fantasia de uma ala que vai bater na chamada “farra das credenciais” – ou seja, a distribuição sem critério dos crachás de acesso aos setores restritos do Sambódromo – incluindo a pista.

O tema é motivo de velha discussão nos desfiles. E quem vai ao Sambódromo para trabalhar ou desfilar costuma reclamar dos bicões. Para 2018, a Riotur chegou a anunciar uma redução de mais de 20% das credenciais de pista.

Em 2019, a São Clemente vai reeditar o enredo “E o samba sambou”, de 1990, que a escola alertou para o afastamento do Carnaval das suas origens. A reedição veio no contexto da “virada de mesa” que livrou Grande Rio e Império Serrano do rebaixamento – tudo com o apoio da maioria das outras agremiações, incluindo a São Clemente. Por isso o anúncio do tema do desfile de 2019 veio acompanhado de mea culpa.

A fantasia divulgada mostra um crachá onde se pode ler “amigo do presidente” no cargo do credenciado. Detalhe curioso: no local da foto do documento, que estampa a frente do figurino, o sujeito ilustrado é bem semelhante ao presidente clementiano, Renato Almeida Gomes. Vejam:

Posted by Jorge Silveira on Thursday, November 15, 2018

 

Romulo Tesi

Romulo Tesi Jornalista carioca, criado na Penha, residente em São Paulo desde 2009 e pai da Malu. Nasci meses antes do Bumbum Paticumbum Prugurundum imperiano de Aluisio Machado, Beto Sem Braço e Rosa Magalhães, em um dia de Vasco x Flamengo, num hospital das Cinco Bocas de Olaria, pertinho da Rua Bariri e a uma caminhada do Cacique de Ramos, do outro lado da linha do trem. Por aí virei gente. E aqui é o meu, o nosso espaço para falar de samba e Carnaval.

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.