Home » ‘Se falarem que temos 2 meses, vamos trabalhar 2 meses’, diz diretor da Liesa sobre Carnaval pós-coronavírus

‘Se falarem que temos 2 meses, vamos trabalhar 2 meses’, diz diretor da Liesa sobre Carnaval pós-coronavírus

Elmo José dos Santos, diretor de Carnaval da Liesa – Reprodução/Rádio Arquibancada

O diretor de Carnaval da Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa), Elmo José dos Santos, disse nesta terça-feira, 21, que se as agremiações tiverem pouco tempo de preparação para os desfiles de 2021, ainda assim conseguirão deixar tudo pronto após o esperado fim da pandemia de coronavírus.

“Sambista está junto e misturado. Pode ter certeza: se falarem que nós só temos dois meses [para preparar os desfiles], nós vamos trabalhar dentro desses dois meses. Vamos movimentar um grande Carnaval. Somos sambistas acima de tudo”, declarou Elmo em live da Rádio Arquibancada.

O diretor da Liesa lembrou das dificuldades para o Carnaval 2020, ano em que a prefeitura do Rio não pagou subvenção às agremiações do Grupo Especial e da Série A (Lierj).

“As escolas de samba deram a maior demonstração de capacidade nesse ano tão difícil que nós passamos”, afirmou Elmo, citando em seguida o dinheiro que salvou os desfiles: os direitos de transmissão da TV Globo, pagos no fim de junho de 2019, e o patrocínio da Refit, anunciado na semana do Carnaval.

Incógnita

Também participaram da live os diretores de Carnaval da Imperatriz, Marquinhos Fernandes, e da Mocidade, Marquinho Marino, e o vice-presidente de Projetos Especiais da Mangueira, Moacyr Barreto.

Leia também:
Porta-bandeira Raphaela Caboclo revela acidente grave antes do Carnaval; motorista estava bêbado
Whatsapp e reedições: compositores analisam o que será do samba-enredo em tempos de coronavírus
Trauma de feijoada, nada de samba e planos para os 80: a quarentena no cafofo da Surica

No debate, sobre o impacto do coronavírus nas escolas de samba, os dirigentes foram unânimes ao afirmar que os desfiles de 2021 estão em segundo plano neste momento, e que todas estão ocupadas com trabalhos filantrópicos – arrecadação de alimentos e o mutirão de fabricação de máscaras, por exemplo.

Do trio das agremiações, somente a Mocidade já definiu enredo. Ainda assim, os três afirmaram que as atividades para o Carnaval de 2021 estão praticamente paralisadas. O que não impede que os carnavalescos estejam criando.

Assista ao debate abaixo:

Divirta-se:
Faça o teste e descubra o que é mentira ou verdade sobre as escolas do Rio
Quem disse essas frases na apuração do acesso de 2003?

Romulo Tesi

Romulo Tesi Jornalista carioca, criado na Penha, residente em São Paulo desde 2009 e pai da Malu. Nasci meses antes do Bumbum Paticumbum Prugurundum imperiano de Aluisio Machado, Beto Sem Braço e Rosa Magalhães, em um dia de Vasco x Flamengo, num hospital das Cinco Bocas de Olaria, pertinho da Rua Bariri e a uma caminhada do Cacique de Ramos, do outro lado da linha do trem. Por aí virei gente. E aqui é o meu, o nosso espaço para falar de samba e Carnaval.

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.