Home » Vai ter Carnaval em 2022? Liesa estuda 3 propostas em caso de novo cancelamento

Vai ter Carnaval em 2022? Liesa estuda 3 propostas em caso de novo cancelamento

Grande Rio 2020, Carnaval, Liesa
Grande Rio 2020 – Dhavid Normando/Riotur

Vai ter Carnaval em 2022? A pergunta ainda ronda o mundo do samba, enquanto a vacinação contra a Covid-19 ainda se arrasta em ritmo lento no Brasil. Entre os dirigentes, já há alguma movimentação para a hipótese de mais um ano sem desfiles depois do cancelamento de 2021. Ao portal G1, o diretor de Marketing da Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa), Gabriel David, afirmou que a entidade trabalha com três possibilidades: Carnaval digital, desfiles no inverno e folia estendida.

No caso do Carnaval digital, profissionais da festa criariam desfiles para o ambiente virtual. Não há detalhes sobre a proposta, mas o plano da Mangueira de realizar uma apresentação virtual, com animação em 3D, ainda em 2021 pode dar algumas pistas.

Outra ideia é fazer os desfiles no meio do ano, no inverno, em data a ser definida com a prefeitura do Rio de Janeiro e a TV Globo, detentora dos direitos de transmissão.

Há ainda uma proposta de realização de desfiles em mais dias – até cinco -, com menos escolas por data e público menor, o que reduziria o número de pessoas no Sambódromo, mas garantiria a receita da venda de ingressos.

Veja também:
Livro narra célebre desfile sobre Xica da Silva e resgata expoentes da revolução salgueirense
São Clemente anuncia enredo em homenagem a Paulo Gustavo no Carnaval 2022
Lucas Penteado, do BBB, anuncia que vai desfilar no Carnaval do Rio
CPI da Covid: Mandetta nega que Bolsonaro tenha pedido cancelamento do Carnaval

Liesa lança pesquisa para o público do Carnaval; veja como participar
Saiba quando cai o Carnaval em 2022

A Liesa planeja iniciar as vendas no meio do ano, com a ajuda de um parceiro – com comercialização feita pela internet e em pontos físicos – e sem a utilização de fax para reservas.

Para iniciar as vendas, a Liesa precisa assinar o contrato de uso do Sambódromo com a prefeitura, o que está previsto para acontecer em breve. O presidente do Salgueiro, André Vaz, afirmou em entrevista ao programa Bar Apoteose, do canal de YouTube TV Paticumbum, que o contrato será de quatro anos – tradicionalmente, os acordos são assiandos por um ano apenas.

Romulo Tesi

Romulo Tesi Jornalista carioca, criado na Penha, residente em São Paulo desde 2009 e pai da Malu. Nasci meses antes do Bumbum Paticumbum Prugurundum imperiano de Aluisio Machado, Beto Sem Braço e Rosa Magalhães, em um dia de Vasco x Flamengo, num hospital das Cinco Bocas de Olaria, pertinho da Rua Bariri e a uma caminhada do Cacique de Ramos, do outro lado da linha do trem. Por aí virei gente. E aqui é o meu, o nosso espaço para falar de samba e Carnaval.

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.