Site fala em ‘profecia’ feita por cantora gospel: ‘Carnaval vai falir’

Grupo Especial - Rio

Ana Paula Valadão – Reprodução/Instagram

A polêmica sobre o corte de verbas para o Carnaval do Rio de Janeiro, proposto pelo prefeito Marcelo Crivella, vem acirrando o debate entre sambistas e parte dos evangélicos. O site “Gospel Prime” lembra que a cantora Ana Paula Valadão fez o que chamam de uma profecia durante um show em 2007, justamente na Praça da Apoteose, local construído para a apresentação das escolas de samba, durante gravação de um DVD. Na ocasião, Ana Paula, fundadora do Ministério de Louvor Diante do Trono, disse que o Carnaval iria falir.

Leia também:
Alcione: ‘nesse país os caras roubam na Petrobras e a culpa é do samba’
Secretário de Crivella sugere corte de 100% da verba para escolas e critica Paes

Traídas? Escolas de samba apoiaram Crivella nas eleições. Relembre

“Diante de mais de 100 mil pessoas”, lembra o portal, “Paula declarou profeticamente que o carnaval era ‘vergonha, desonra para nossa nação’. Disse ainda: ‘Neste lugar, Senhor, nós declaramos que o carnaval irá falir, se enfraquecer até morrer. E o sambódromo será transformado num altar de adoração ao único Deus vivo e verdadeiro'”, lembra.

Ao ouvir a pregação de Ana Paula contra o Carnaval, o público reage com gritos de comemoração. Veja abaixo a partir de 7:25:

Pé firme

Nesta segunda-feira, Crivella disse que não voltará atrás da decisão do corte de 50% da verba da prefeitura para as escolas de samba e colocou o aumento dos valores do repasse, na gestão de Eduardo Paes, como um dos culpados pela crise nas contas do município.

“Eu não posso voltar atrás. O que nós estamos fazendo é voltar o orçamento do Carnaval a todos os anos anteriores do ano passado. Ano passado teve um aumento num momento de euforia, mas que deu no que deu. Olha só as dívidas que a cidade do Rio de Janeiro hoje se debate, se contrai”, disse.

Entenda o caso

Crivella anunciou que pretende cortar em 50% a verba destinada às escolas de samba para investir em creches. O valor em 2017 foi de R$ 24 milhões, sendo R$ 2 milhões para cada agremiação. Como em 2018 serão 13 escolas no Grupo Especial, a expectativa era que o montante chegasse a R$ 26 milhões. Mas, conforme a Riotur (Empresa Municipal de Turismo do Rio de Janeiro), responsável por organizar a festa, já confirmou, o valor ficará mesmo em R$ 13 milhões.

A Liesa (Liga Independente das Escolas de Samba) anunciou que, sem os R$ 13 milhões, os desfiles ficam inviáveis em 2018, e decidiu suspender as apresentações até que as partes cheguem a um acordo. A entidade espera conseguir um encontro com o prefeito, algo que vem tentando há meses, sem sucesso.

Na última sexta-feira, a Riotur disse, em nota, que o Carnaval está garantido e afirmou que vai buscar na iniciativa provada os recursos para as escolas. Mas confirma que as creches são prioridade.

Em resposta, sambistas realizaram um protesto no sábado. O grupo se concentrou em frente ao edifício administrativo da prefeitura, na Cidade Nova, e caminhou até a Marquês de Sapucaí.

O prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis, se prontificou a ajudar e ofereceu levar os desfiles para a cidade da Baixada Fluminense. “A festa traz receita, movimenta a economia. Tem dinheiro para tudo. Se puder levar a Sapucaí para Caxias, eu banco. Vai dar lucro, traz turistas, é importante para a cidade”, disse Reis ao jornal Extra.

 

Sobre o autor

Romulo Tesi

Romulo Tesi

Jornalista carioca, criado na Penha, residente em São Paulo desde 2009 e pai da Malu. Nasci meses antes do Bumbum Paticumbum Prugurundum imperiano de Rosa Magalhães, em um dia de Vasco x Flamengo, num hospital das Cinco Bocas de Olaria, pertinho da Rua Bariri e a uma caminhada do Cacique de Ramos, do outro lado da linha do trem. Por aí virei gente. E aqui é o meu, o nosso espaço para falar de samba e Carnaval.

Comentários

  • O que me impressiona é o sectarismo dessa senhora. O Carnaval é a maior festa popular do Mundo e o Sambódromo, um espaço democrático, para várias manifestações, inclusive religiosas.

    • Isso aí povo brasileiro, continue com suas festas e gastanças desordenadas com coisas superficiais, que no futuro vocês presenciarão um país arrebentado por causa das suas “tradições populares”, e totalmente tomado por uma classe politica que não teme o povo e muito menos as leis presentes na constituição.
      Só não dou parabéns pois o Prefeito deveria ter cortado 100% dessa mamata pra bandido.

  • Parabéns prefeito, depois de tanta robalheira no estado do Rio ainda ter que bancar carnaval não dá né… vamos fazer creche e colocar o salário dos funcionários públicos em dia.

    • O Cara quer mandar parte do dinheiro pra fazer creche e os retardados achando ruim, por causa de bosta de carnaval, por isso que o brasil tá do jeito que tá, preferi 4 dias de festa do que creche pro futuro do Brasil…

  • A impressão que se passa é que toda a dívida, a crise econômica no RJ é devido ao carnaval. o ”senhor” Cabral e sua gangue desviaram dinheiro de tudo, saúde, educação, segurança, etc. roubaram milhões e agora a culpa é do carnaval? Por favor, ô povo carioca vamos acordar. E o dinheiro que o próprio carnaval reverte para o setor turístico do RJ?
    E essa outra cantora evangélica, só fala besteira, totalmente maluca. Parece que as pessoas são obrigadas a ir pra avenida, sambar, desfilar. Deveria respeitar a opinião das outras pessoas, atitude totalmente preconceituosa, quer que todos ajam como ela, que todos pensem como ela? Coisa ultrapassada.

Deixe o seu comentário