Setor 1

Dispersão | Mudanças para 2020, tempo de desfile, Portela, verba da TV

Relógio
Entre as mudanças promovidas pela Liesa no Grupo Especial de 2020, uma das mais comentadas – e criticadas – nas redes sociais é no tempo de desfile. Foram tirados cinco minutos do tempo máximo e outros cinco do mínimo. Em geral, a turma do samba gosta de sair da Marquês de Sapucaí sob o sol, no início da manhã. Não só porque rende boas fotos, mas por uma questão de segurança.

Portela
Entre as escolas, quem pode acabar mais afetada é a Portela. A Águia provavelmente desfilaria com o dia raiando na manhã de segunda-feira, 24 de fevereiro, caso o limite de tempo ainda fosse de 75 minutos – ou poderia entrar na avenida de noite e sair de dia. Com a redução para 70 minutos, a apresentação deve mesmo acontecer toda à noite.

Portela 2018 – Gabriel Monteiro/Riotur

Contas
Segundo Departamento de Astronomia do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da USP, o nascer do sol na manhã de segunda-feira está previsto para as 6h em São Paulo. O site Sunrise and Sunset prevê que o sol apareça no Rio às 5h47. Levando em conta um razoável atraso acumulado, a Portela poderia entrar na avenida por volta das 4h30 (pela projeção do jornalista Carlos Fonseca, da Rádio Show do Esporte), com o fim do desfile previsto para 5h40, portanto, sem sol ainda. Pedro Migão, do site Ouro de Tolo, membro do conselho fiscal da Portela, tratou do assunto em um vídeo.

Em tempo
Vale lembrar: em 2020 não haverá horário de verão.

Carros
A redução do limite mínimo de carros para quatro alegorias pode assustar, mas está de acordo com os problemas financeiros das escolas. Em papo com o blog no início do ano, o carnavalesco da Mangueira, Leandro Vieira, defendia o fim de qualquer amarra no mínimo de carros, a fim de “desengessar” dos desfiles.

Desfile da Beija-Flor de 2010, sobre Brasília – Andre Lobo/Riotur

Em tempo 2
Não faz muito tempo
que o número de carros do Grupo B (terceira divisão) era de quatro.

Verba
A decisão de repartir a verba dos direitos de TV de 2021 conforme a posição da escola em 2020 também dividiu opiniões. Há quem veja uma chance de tirar algumas agremiações da “zona de conforto”, como afirma o jornalista Guilherme Ayupp, do site Carnavalesco. Outros, como o colunista do UOL Anderson Baltar, alertaram para o risco de um aumento da diferença de algumas escolas em relação a outras. Isso num cenário em que o peso da bandeira costuma influenciar nos julgamentos…

Romulo Tesi

Romulo Tesi

Romulo Tesi Jornalista carioca, criado na Penha, residente em São Paulo desde 2009 e pai da Malu. Nasci meses antes do Bumbum Paticumbum Prugurundum imperiano de Aluisio Machado, Beto Sem Braço e Rosa Magalhães, em um dia de Vasco x Flamengo, num hospital das Cinco Bocas de Olaria, pertinho da Rua Bariri e a uma caminhada do Cacique de Ramos, do outro lado da linha do trem. Por aí virei gente. E aqui é o meu, o nosso espaço para falar de samba e Carnaval.

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Romulo Tesi

Romulo Tesi

Romulo Tesi Jornalista carioca, criado na Penha, residente em São Paulo desde 2009 e pai da Malu. Nasci meses antes do Bumbum Paticumbum Prugurundum imperiano de Aluisio Machado, Beto Sem Braço e Rosa Magalhães, em um dia de Vasco x Flamengo, num hospital das Cinco Bocas de Olaria, pertinho da Rua Bariri e a uma caminhada do Cacique de Ramos, do outro lado da linha do trem. Por aí virei gente. E aqui é o meu, o nosso espaço para falar de samba e Carnaval.

Carnaval 2020 | FALTAM

Mais Categorias