Home » Dragões da Real anuncia enredo inspirado em pandemia e música de Raul Seixas

Dragões da Real anuncia enredo inspirado em pandemia e música de Raul Seixas

A pandemia segue rendendo temas de desfiles para o Carnaval de 2021. A vez agora é da Dragões da Real, do Grupo Especial de São Paulo, que anunciou nesta terça-feira, 28, o enredo “O dia em que a Terra parou”, inspirado na paralisação forçada pelo coronavírus e na música (e disco) com o mesmo título de Raul Seixas.

Na semana passada, a Viradouro, atual campeã do Rio de Janeiro, divulgou o enredo do próximo desfile sobre o Carnaval de 1919, o primeiro após a pandemia da chamada gripe espanhola.

Pelo texto divulgado pela escola, a ideia é imaginar um cenário quase apocalíptico, em que as pessoas passassem a valorizar gestos e atividades esquecidas no ritmo frenético da vida pré-pandemia.

“Ao olhar as arvores florescendo pelas janelas de nossos castelos de ferro e vidro, é possível perceber a força de suas raízes. É preciso, então, fortalecer as nossas próprias. Com as mãos, alcanço um antigo livro na prateleira da sala. A poeira do tempo revela que a rotina louca da civilização não nos permite o sabor da viagem que um livro pode nos proporcionar. A leitura é a grande oportunidade da vida de revirar as memórias impressas pelos grandes mestres e colher seus ensinamentos. A educação ganha uma nova dimensão e relevância. Cada capa de livro guarda dentro de si um universo infinito de possibilidades. (…) E para isso acontecer, foi preciso a Terra parar: só assim nos permitimos olhar para dentro de nossas almas e viver novas vidas através das linhas deixadas por eles. Nessa viagem de autoconhecimento, temos a chance de nos percebermos melhor. Sentir a alma e o corpo”, diz o texto, assinado pelo carnavalesco da agremiação, Jorge Silveira.

Capa do álbum “O dia em que a Terra parou”

Curiosamente, a música de Raul Seixas pinta um cenário um tanto distante da realidade brasileira, onde os níveis de isolamento estão longe do ideal, sobretudo em São Paulo, epicentro da crise.

Raul Seixas escreveu “O dia em que a Terra parou” após sonhar com o mundo descrito na letra. A música voltou a ser lembrada recentemente, por causa da pandemia.

Foi assim
No dia em que todas as pessoas
Do planeta inteiro
Resolveram que ninguém ia sair de casa
Como que se fosse combinado em todo o planeta
Naquele dia, ninguém saiu de casa, ninguém

Raul Seixas, em “O dia em que a Terra parou”

DRAGÕES DA REAL – CARNAVAL 2021A mente brilhante de Raul Seixas já projetava os dias atuais. Sua música hoje é fonte…

Publicado por G.R.C.E.S. Dragões Da Real em Terça-feira, 28 de abril de 2020

Romulo Tesi

Romulo Tesi Jornalista carioca, criado na Penha, residente em São Paulo desde 2009 e pai da Malu. Nasci meses antes do Bumbum Paticumbum Prugurundum imperiano de Aluisio Machado, Beto Sem Braço e Rosa Magalhães, em um dia de Vasco x Flamengo, num hospital das Cinco Bocas de Olaria, pertinho da Rua Bariri e a uma caminhada do Cacique de Ramos, do outro lado da linha do trem. Por aí virei gente. E aqui é o meu, o nosso espaço para falar de samba e Carnaval.

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.