Home » João Saldanha será o enredo da Botafogo Samba Clube. Adnet é um dos carnavalescos

João Saldanha será o enredo da Botafogo Samba Clube. Adnet é um dos carnavalescos

Reprodução

A Botafogo Samba Clube, do Grupo Especial da Intendente Magalhães (equivalente à terceira divisão do Carnaval do Rio), anunciou nesta segunda-feira, 20, o enredo do próximo Carnaval, sobre o jornalista, técnico de futebol, militante comunista e botafoguense João Saldanha.

O enredo recebeu o título de “Um apaixonado pela verdade caminhando em tempos de ilusão”.

Uma dupla de carnavalescos ficará responsável pelo desenvolvimento do desfile. Um deles é o humorista botafoguense Marcelo Adnet, que estreia na função após vencer disputas de samba na São Clemente e na própria Botafogo em 2019.

O outro é Ricardo Hessez, assistente de Jorge Silveira, da Dragões da Real, de São Paulo, e que debuta na assinatura de um desfile. Hessez fez trabalhos elogiados na São Clemente com Silveira nos dois últimos carnavais.

O anúncio foi feito em live da escola, fundada por torcedores do Botafogo. Participaram o presidente da agremiação, Sandro Lima e os carnavalescos.

Em vídeo exibido na live, com narração e texto de Adnet, a escola adiantou que o enredo terá a política como um dos componentes mais fortes – como provavelmente o homenageado gostaria.

Lançamento do enredo para o carnaval 2021

FIM DO MISTÉRIO! Chegou a hora de conhecermos o enredo da Botafogo Samba Clube para 2021! Participe da live e venha festejar também os dois anos da escola! Fogo!

Publicado por Botafogo Samba Clube em Segunda-feira, 20 de julho de 2020

“Assim é o nosso homenageado no próximo Carnaval: eclético, polêmico, irreverente, um idealista, que enfrentava os inimigos de peito aberto e sempre sem medo. Invocamos tua estrela e tua voz para cantar, protestar, denunciar, celebrar e sambar. Por isso nosso enredo trata do gaúcho de ginga e coração cariocas, do jornalista, comentarista, ativista, amigo, pai, técnico da Seleção Brasileira e do Botafogo. O nosso enredo vai homenagear o representante máximo da democracia botafoguense: João Saldanha”, diz o texto do vídeo.

Saldanha se notabilizou muito pela carreira no futebol, com passagens de sucesso por Botafogo e Seleção Brasileira, e no jornalismo esportivo, como cronista e comentarista.

No entanto, Saldanha também ficou conhecido pela militância política, tendo combatido a ditadura militar e permanecido filiado ao Partido Comunista Brasileiro mesmo nos tempos de clandestinidade.

Leia também:
Rio pode ficar sem desfiles em 2021
Marcelo Adnet participará de disputa de samba-enredo na Mocidade Alegre
Salgueiro terá enredo sobre luta dos negros
‘Nós nascemos para combater um ditador’, diz fundador da Gaviões da Fiel

“É um personagem sensacional, polêmico e insubmisso. Num tempo em que precisamos de alguém que levante a voz, proteste e lute contra a o que estamos vendo atualmente, que falta faz o João. É uma pessoa de várias faces e inspirador. A escola tem um enredo à altura para uma linda festa – afirma Adnet.

“A voz de João o levou a diversos lugares. Chegou aos rádios, aos gramados, à linha de frente contra a ditadura militar, à TV etc. Era uma pessoa que tinha coragem de falar o que os outros não tinham, marcando o seu nome na história do Brasil. Hoje, clamamos pela democracia e a voz de João Saldanha será a nossa. O que ele iria dizer sobre os novos tempos? Com a sua força, vamos lutar por mais uma conquista”, destaca Hessez.

O desfile de 2021 – ou 2022, dependendo da pandemia de Covid-19 – será o terceiro da Botafogo, que se apresentou este ano com o enredo sobre outra botafoguense, a sambista Beth Carvalho.

Veja o vídeo divulgado pela escola:

Veja abaixo a logo do enredo:

Romulo Tesi

Romulo Tesi Jornalista carioca, criado na Penha, residente em São Paulo desde 2009 e pai da Malu. Nasci meses antes do Bumbum Paticumbum Prugurundum imperiano de Aluisio Machado, Beto Sem Braço e Rosa Magalhães, em um dia de Vasco x Flamengo, num hospital das Cinco Bocas de Olaria, pertinho da Rua Bariri e a uma caminhada do Cacique de Ramos, do outro lado da linha do trem. Por aí virei gente. E aqui é o meu, o nosso espaço para falar de samba e Carnaval.

1 comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.