Home » Tia Surica brinca e diz que Paes estava com medo da agulha: ‘falei pra deixar de palhaçada’

Tia Surica brinca e diz que Paes estava com medo da agulha: ‘falei pra deixar de palhaçada’

Depois de ser vacinado na Portela, segurando a mão de Surica, Paes visitou o cafofo da sambista e almoçou feijoada. Baluarte planeja show e mantém cautela sobre Carnaval

Eduardo Paes posa com o cartão de vacinação enquanto é observado por Tia Surica
Eduardo Paes posa com o cartão de vacinação enquanto é observado por Tia Surica – Foto: Twitter Eduardo Paes

Ao receber a vacina contra a Covid-19 na quadra da Portela, nesta quinta-feira, 17, Eduardo Paes pediu para segurar a mão de Tia Surica, baluarte da escola do coração do prefeito do Rio de Janeiro. As fotos do momento ganharam a internet, e a Portela ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter. Ao Setor 1, Surica explicou por que Paes pediu o apoio.

“Ele pediu porque estava com medo de tomar vacina, disse que ia gritar. Então pediu para eu segurar a mão dele”, disse a sambista, esclarecendo que tudo não passou de uma brincadeira do prefeito.

“Eu disse: ‘Olha, não vai gritar! ‘Falei pra ele deixar de palhaçada!”, divertiu-se, ao risos, a integrante da Velha Guarda da Portela, que, após o evento na escola, recebeu a visita de Paes em casa, o famoso “Cafofo da Surica”. E teve feijoada.

“Eu tinha feijoada em casa. Ele nem sabia, não tinha nada marcado, mas aproveitou e almoçou”, contou.

Show depois da pandemia

Com novo álbum recém-lançado, “Conforme eu sou”, com repertório do cultuado compositor portelense Manacéa, Surica planeja um show no Teatro Rival.

“Mas só quando passar essa pandemia”, alerta. A sambista, aliás, continua se cuidando para evitar contágio da Covid-19, mesmo após já ter tomado as duas doses da vacina.

“Eu continuo me resguardando. Todo mundo tem que se cuidar e não fazer aglomeração, porque essa doença ainda está matando muita gente”, avisa ela, que esteve de máscara na Portela nesta quinta para receber o prefeito.

Veja também:
Eduardo Paes anuncia liberação da Cidade do Samba: ‘Cheiro de vacina e Carnaval no ar’
Senador Girão usa morte de Nelson Sargento para questionar eficácia da Coronavac e causa revolta nas redes sociais
CPI da Covid: Mandetta nega que Bolsonaro tenha pedido cancelamento do Carnaval
Aliado das escolas de samba, Bruno Covas aumentou verba, cortou impostos e foi apontado como exemplo para o Rio
Saiba quando cai o Carnaval em 2022

Carnaval

Com o avanço da vacinação, Surica se permite prever que pode, se a situação permitir, sair na Portela – caso haja desfiles em 2022. O prefeito crê que haverá. Mas ainda assim, a baluarte portelense prefere se guardar para quando o Carnaval chegar.

“Sou sambista, adoro desfilar, mas eu estou muito preocupada com as pessoas. Tem gente passando fome, comerciantes fechando negócios por causa da crise. Primeiro eu me preocupo com isso, para depois pensar em Carnaval”, concluiu.

Romulo Tesi

Romulo Tesi Jornalista carioca, criado na Penha, residente em São Paulo desde 2009 e pai da Malu. Nasci meses antes do Bumbum Paticumbum Prugurundum imperiano de Aluisio Machado, Beto Sem Braço e Rosa Magalhães, em um dia de Vasco x Flamengo, num hospital das Cinco Bocas de Olaria, pertinho da Rua Bariri e a uma caminhada do Cacique de Ramos, do outro lado da linha do trem. Por aí virei gente. E aqui é o meu, o nosso espaço para falar de samba e Carnaval.

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.